Cadastre seu e-mail e fique por dentro de novidades e promoções!

Tratamentos disponíveis


A escleroterapia de varizes com espuma é muito parecida com o método tradicional, exceto pelo fato de que a medicação é injetada na forma de um "mousse" ou "espuma".

Esta espuma é obtida a partir de alguns medicamentos que também são usados pela escleroterapia tradicional. É uma classe de medicamentos chamada de "detergentes" pois agem na gordura da parede das células das varizes.

A espuma é gerada de forma estéril, misturando com ar ambiente ou gás carbônico, através de duas seringas conectadas com uma pequena torneira.

A grande vantagem da espuma em relação ao método convencional é o seu melhor efeito em varizes de maior calibre. A espuma, por ser mais densa, "empurra" o sangue ocupando todo o volume das varizes sem que haja diluição da substância esclerosante pelo sangue.

Desta forma a "agressão" à parede vascular (das varizes) é maior, melhorando o efeito esclerosante da aplicação. Mas esta melhora só leva vantagem sobre a escleroterapia tradicional nas varizes de calibre maior (microvarizes e veias varicosas).

Tem suas aplicações específicas e o médico vai definir se é o método adequado para cada caso.

Esse procedimento só pode ser realizado por médico como também a escleroterapia tradicional.


A Escleroterapia consiste na injeção de um produto químico dentro das Microvarizes.

A solução injetada provoca uma irritação na veia e esta se contrai e fecha. O sangue não pode mais penetrar por esta veia o que evita a formação de novas telangiectasias no mesmo local.

Pode haver necessidade de várias aplicações dependendo de cada caso.


Os Peelings podem ser feitos através de um agente físico ou químico, indicados de acordo com cada caso.

São utilizados para melhorar a aparência da pele danificada pelo sol , rosácea, reduzir rugas, melhorar a acne , cicatrizes ou remover manchas. Dependendo do poder de penetração do peeling são removidos mais camadas de pele. Também usados como um meio para manter a pele saudável , jovem e livre de impurezas.

Peeling Químico

Peeling químico envolve a remoção de várias camadas da epiderme por aplicação de um irritante químico ou cáustica. Isto produz uma renovação das camadas da pele a ser substituídas por novas de melhor qualidade, com menos manchas rugas e melhor textura.

Em profundidades maiores, maiores efeitos, mas também mais riscos. também é usado como um meio para "manter a pele saudável, suave e livre de impurezas. As substâncias utilizadas depende do objetivo do tratamento.

Peeling quimico superficial: restringe os poros, suaviza cicatrizes causadas pelo rugas acne. Ele também fornece uniformidade no tom de pele gerando uma pele mais jovem e saudável. Este tipo de peeling ajuda a controlar a acne, foliculite e oleosidade. Peeling médio: é indicado no caso de envelhecimento solar e tóxico agindo sobre as linhas de profundidade média , cicatrizes mais profundas e para controlar manchas produzidas pelo sol. Também é usado como um precursor ou complementar muitos tratamentos como peeling de cristal, diamante e microdermoabrasão.

Peeling profundo.

O fenol é o mais forte ácido usado para executar um peeling químico. É mais indicado para peles envelhecidas e com rugas muito acentuadas, cicatrizes profundas de acne, extensos danos causados pelo sol e lesões cutâneas pré cancerígenas. O ácido de eleição é o Fenol e não é indicados para peles escuras. Apesar de o peeling profundo produzir os resultados mais impressionantes, geralmente os riscos associados são mais altos. Se não for utilizado com cuidado, o fenol pode ser tóxico ao corpo. Há também um risco elevado de cicatrizes, bem como sensibilidade ao sol.


Peelings seriados podem ser realizados, com intervalos semanais, sempre respeitando a irritação da pele do local. Pode ser usado a base de ácidos e sol de jessner.

Os peelings provocam uma esfoliação da pele, determinando a melhora das características da mesma, e suavizando a diferença entre a pele com estrias e a pele normal.


O procedimento de peeling de diamante é realizado com uma caneta a vácuo, com uma ponteira de diamante de várias espessuras, que desliza sobre a pele e promove a esfoliação.

O principal objetivo é refazer a superfície da pele, o que vai renovar as células, reduzir as rugas finas, diminuir os poros dilatados, reduzir a oleosidade e a acne e estimulam a formação de colágeno, proteína natural da pele, melhorando a elasticidade e o tônus facial. É um peeling leve e retira somente uma parte da epiderme, diferentemente do peeling químico, que pode, em alguns casos, resultar em uma reação inflamatória e descamação.

O peeling de diamante permite que os pacientes retomem imediatamente suas atividades diárias. Lembramos, por fim, que o peeling de diamante não é uma técnica de uso exclusivo. É preciso associá-lo ao uso de produtos cosméticos, realizando sua aplicação de acordo com o tratamento proposto, como por exemplo, tratamentos de hidratação profunda, limpeza de pele, clareamento, tratamento de manchas na pele etc.

O peeling de cristal atua no tratamento de seqüelas de acne, quelóides e cicatrizes pós-trauma (queimaduras), sulcos e rugas superficiais e profundas (rejuvenescimento), manchas em geral, estrias e poros dilatados. Através de um sistema avançado, jatos de cristais de óxido de alumínio são projetados sobre a pele realizando uma microdermoabrasão, removendo até as camadas mais profundas da pele estimulando o crescimento de uma nova camada e a produção de colágeno. Para um melhor resultado, também pode associa-lo a outros tratamentos.


A intradermoterapia consiste na aplicação de medicamentos na pele via subcutâneo ou intradérmico.

Técnica de origem francesa, tem como intuito proporcionar uma alta concentração do fármaco (remédio) no local de ação, com poucos efeitos colaterais, visto que a absorção e concentração deste no sangue é muito menor do que se fosse dado por via oral.

Vários são os medicamentos disponíveis para o tratamento, ficando o médico responsável pela escolha da mescla (mistura dos fármacos), dependendo do objetivo do tratamento.

Funciona através da introdução dos produtos através de uma seringa com uma microagulha. Os medicamentos agem aumentando a permeabilidade celular e promovendo a vasodilatação que favorece a chegada dos fármacos. Numero Sessões indicadas: Minimo de Dez.


A Intradermoterapia Capilar consiste na aplicação de substâncias no couro cabeludo, que tem o objetivo de tratar a queda do cabelo e estimular o crescimento e fortalecimento de novos fios.

A aplicação destas substâncias tem o intuito de acelerar a fase de crescimento e diminuir a fase de queda dos cabelos, no ciclo de crescimento dos pelos.


É realizada através de enzimas injetáveis na pele ou subcutâneo.

Técnica de origem francesa, tem como intuito proporcionar uma alta concentração do fármaco (remédio) no local de ação, com poucos efeitos colaterais, realizando assim a quebra da gordura no local.


Em cada estria são aplicadas micro-doses de medicamentos, injetados com agulhas finíssimas, a fim de recuperar os tecidos lesados.

A escolha do medicamento vai depender do tipo de estria.


ENZIMAS PARA PERDA DE PESO INTRAMUSCULAR

As enzimas são drogas lipolíticas, ou seja, com afinidades por células adiposas. A aplicação consiste em uma “melange” (mistura) de quatro a seis componentes diferentes. Eles fazem a quebra da gordura, tornando assim mais fácil para ser excretada através da urina, suor e fezes.

Para a perda de peso é aplicada uma a duas injeções intramuscular em cada glúteo. Podemos também fazer tratamentos coadjuvantes com enzimas locais para perda da gordura localizada associada a injeção intramuscular.

ESTRIAS

As estrias são lesões irreversíveis e portanto não existe um tratamento que faça a pele voltar ao que era antes. Os tratamentos visam melhorar o aspecto das lesões, estimulando a formação de tecido colágeno subjacente e tornando-as mais semelhantes à pele ao redor.

As estão diretamente relacionadas a períodos de alterações hormonais, como a puberdade, gestação e obesidade. As alterações hormonais relacionadas a adrenarco, podem levar ao aparecimento de estrias. As estrias são mais freqüentes nas gestantes adolescentes quando comparadas a mulheres adultas grávidas. Isso ocorre em decorrência dos hormonios nas adolescência.

Além destas condições fisiológicas, há outros fatores que desencadeiam a formação de estrias, como o ganho de peso, o uso de corticóides sistêmicos e tópicos, e o aumento abrupto de massa muscular, observado em pessoas que se submetem a uma hipertrofia muscular rápida, acompanhada de distensão importante da pele.

As estrias vermelhas: são as chamadas estrias recentes. Normalmente, na sua fase inicial, as estrias apresentam-se avermelhadas ou arroxeadas, e vão gradativamente assumindo a coloração branca, podem ser precedidas de prurido no local de aparecimento. Brancas: são as estrias antigas, que já não apresentam reação inflamatória Atróficas: apresentam-se deprimidas em relação a superfície da pele. Hipertróficas: fazem relevo com relação à superfície da pele.

TRATAMENTOS O tratamento das estrias não é simples, uma vez que ainda não existe nenhum método capaz de resolvê-las por completo.

Tretinoína: A tretinoina tópica pode ser utilizada numa concentração de 0,1 a 1 %, promovendo uma melhora da pele do local e, atenuando a diferença entre as estrias e a pele normal. Melhora o colágeno.


ESTRIAS

As estrias são lesões irreversíveis e portanto não existe um tratamento que faça a pele voltar ao que era antes. Os tratamentos visam melhorar o aspecto das lesões, estimulando a formação de tecido colágeno subjacente e tornando-as mais semelhantes à pele ao redor.

As estão diretamente relacionadas a períodos de alterações hormonais, como a puberdade, gestação e obesidade. As alterações hormonais relacionadas a adrenarco, podem levar ao aparecimento de estrias. As estrias são mais freqüentes nas gestantes adolescentes quando comparadas a mulheres adultas grávidas. Isso ocorre em decorrência dos hormonios nas adolescência.

Além destas condições fisiológicas, há outros fatores que desencadeiam a formação de estrias, como o ganho de peso, o uso de corticóides sistêmicos e tópicos, e o aumento abrupto de massa muscular, observado em pessoas que se submetem a uma hipertrofia muscular rápida, acompanhada de distensão importante da pele.

As estrias vermelhas: são as chamadas estrias recentes. Normalmente, na sua fase inicial, as estrias apresentam-se avermelhadas ou arroxeadas, e vão gradativamente assumindo a coloração branca, podem ser precedidas de prurido no local de aparecimento.

Brancas: são as estrias antigas, que já não apresentam reação inflamatória Atróficas: apresentam-se deprimidas em relação a superfície da pele. Hipertróficas: fazem relevo com relação à superfície da pele.

TRATAMENTOS O tratamento das estrias não é simples, uma vez que ainda não existe nenhum método capaz de resolvê-las por completo.

Tretinoína: A tretinoina tópica pode ser utilizada numa concentração de 0,1 a 1 %, promovendo uma melhora da pele do local e, atenuando a diferença entre as estrias e a pele normal. Melhora o colágeno.


O procedimento da limpeza de pele consiste em limpar a pele profundamente, eliminando as impurezas , cravos superficiais e profundos. Deixando a pele mais saudável viçosa, fina e macía.

A pele fica exposta ao calor do vapor por alguns minutos para que os cravos possam ser amolecidos e assim propiciar a extração dos mesmos de uma maneira mais fácil e menos traumática. Após a extração é aplicada uma loção anti-séptica e ozônio (substância altamente cicatrizante e bactericida). A seguir, uma leve massagem com substâncias calmantes é feita e por fim a aplicação de máscara com ação descongestionante e anti-inflamatória.

O filtro solar não pode ser esquecido durante o dia. A limpeza de pele é o primeiro passo para a manutenção e restabelecimento da beleza. Deve ser feita uma vez por mês (salvo algumas exceções onde este tempo pode ser menor).


Se difere da limpeza de pele tradicional por que o procedimento se realiza através de um aparelho a vácuo que faz a sucção das impurezas.

Não elimina os cravos pretos profundos.

Diminui a oleosidade, ativa o colágeno e pequenos cravos brancos muito superficiais.


O nosso organísmo é composto um sistema de vasos linfáticos.: uma parte do plasma (a parte líquida do sangue) que chega nos capilares (os vasos sangüíneos mais finos) transborda entre as células dos órgãos, músculos e outros tecidos. Esse líquido é chamado líquido intersticial. Junta-se a ele as toxinas liberadas pelas células e se forma a linfa, que vai então ser absorvida nos vasos linfáticos.

A quantidade de liquído pode se acumular por várias causas ; gravidez, cirurgias, período pré menstrual, inflamações, obesidade...etc A drenagem linfática? Como o próprio nome diz, ela drena esse líquido que está acumulado entre as células para os vasos linfáticos Se o problema for celulite (que é uma inflamação do espaço ao redor das células adiposas que não diz respeito a aumento de gordura, embora esteja muito relacionada à obesidade) a drenagem linfática funciona mais como uma técnica preventiva já que ela evita que esse excesso de água cause uma inflamação no tecido gorduroso, mas ela, sozinha, não acaba com a celulite. A drenagem linfática é indicada para diminuir a retenção de líquido na gestação, mas é preciso buscar um profissional bem formado especializado em trabalhar com grávidas.

A drenagem linfática costuma ser muito indicada na gestação,mas é preciso muito cuidado. A drenagem linfática se aplicada de forma errada durante a gestação pode desencadear contrações uterinas e levar a trabalho de parto prematuro. Por isso é sempre ter uma boa indicação. Aliás, esse é o principal problema da drenagem linfática: ela pode ser encontrada em qualquer lugar por qualquer preço. Então desconfie dos preços muito baratos. Se mal aplicada a drenagem linfática pode causar danos aos vasos linfáticos. Se eles rompem, mais líquido é extravasado e o problema piora.

A drenagem linfática não dói. O profissional faz pressões leves em todo o corpo para drenar esse líquido. Tem gente que acha que por isso não foi bem feita, mas é o contrário. Se você sair com manchas roxas depois de uma sessão de drenagem linfática alguma coisa está errada.
Llipocavitação como um tratamento não invasivo aplicado através de um aparelho que ajuda a reduzir a gordura localizada, em certas partes do corpo. O tratamento é aconselhados para pessoas que não pretendem submeter-se a um tratamento de remoção de gordura invasivo, como é o caso da lipoaspiração.

Sua tecnologia é feita através de ondas de ultra-som onde são ajustados para a frequência correta (baixa frequência), e penetrando nas células de gordura, destruindo-as. As vibrações produzem pequenas bolhas no interior das células de gordura que perturbam a membrana externa e permitem que pequenos aglomerados de gordura sejam expulsos para o meio envolvente, e que depois são removidos através de energia natural do corpo e processos fisiológicos.
Radiofrequencia é um tratamento feito com um aparelho que , em resumo, aquece a pele em profundidade, sem a queimar.

Numa sessão, utilizam-se as duas cabeças, em alternância. Na prática, com a Radiofrequência, dispomos de um tratamento para tratar a flacidez cutânea e assim reafirmar os tecidos, não doloroso, não invasivo ( sem agulhas nem substâncias injectáveis), perfeitamente sinérgico com os outros tratamentos já existentes: Mesoterapia com silício, Dermarolling, Bioestimulação, Carboxiterapia.

Um termómetro laser permite controlar a cada instante a temperatura cutânea, sendo assim possível trabalhar com toda a segurança.

O rosto necessita habitualmente 4 tratamentos e o corpo de 5 tratamentos, espaçados, cada um deles, de 2 a 4 semanas.

Os resultados só são visíveis a partir da 3 ou 4ª sessão, sendo o efeito definitivo , em geral, cerca de 3 meses depois da última sessão.

Como ATUA A Radiofrequência tem como mecanismo o aquecimento selectivo da derme através da resistência natural dos tecidos à passagem de uma corrente, provocando a rotação alternativa muito rápida das moléculas de água. Há aumento de temperatura da derme, devendo atingir os 55ºc para se obter um dano térmico controlado, que irá ter três consequências:

1-Contracção das moléculas de colágeno ( efeito imediato ) e estimulação da síntese de novo colágeno ( durante as semanas e meses seguintes ).É o efeito procurado para tratar a flacidez.

2-Aumento da circulação sanguínea local.

3-Um certo efeito térmico de destruição dos adipócitos.
Indicada para celulite celulite,gordura localizada, flacidez e envelhecimento corporal e facial. Carboxiterapia é um método não cirúrgico o qual consiste no uso terapêutico do gás dióxido de Carbono (CO2) por via subcutânea.

A forma em que se realiza a carboxiterapia é através de uma equipe especialmente preparada o qual permite regular a velocidade do fluxo, tempo de injeção e monitorar a percentagem de dose administrada.
Promove um aspecto saudável como maciez e elasticidade, repondo a umidade perdida.

É aplicado um creme hidratante rico em minerais naturais e vitaminas que enriquece a pele e produz uma camada que bloqueia a entrada de impurezas nos poro.

Depois é feita uma aplicação de VIT C pura para rejuvenescimento com ionização para melhor penetração dos produtos.
É um tratamento não-invasivo realizado por um equipamento, que faz um rolamento e sucção ao mesmo tempo. Serve para combater a celulite e a redução de medidas, esse aparelho faz uma massagem profunda, drenando, estimulando a circulação e promovendo a tonificação muscular. Melhora o contorno corporal deixando-o mais uniforme.

Essa técnica pode ser aplicada em qualquer parte do corpo, sendo realizada por pequenos rolos com sistema de sucção na parte central do aparelho, que proporciona um relaxamento muscular favorecendo a circulação local, aumentando a oxigenação do tecido e permitindo a eliminação das toxinas pelo organismo. Alcança resultados satisfatórios em celulites graus I, II e III.
A Corrente Russa ou Estimulação Russa é uma Corrente de eletroestimulação neuromuscular com finalidades de ganho de força e resistência muscular, melhora do trofismo, flacidez muscular, drenagem linfática, e auxílio no retorno venoso.

Muito indicada em tratamentos na área esportiva e estética. Na área esportiva recupera a força muscular, além de estimular o fluxo sanguíneo. Na área de estética a principal finalidade é a tonificação dos músculos, melhorando a flacidez muscular.
Atua na regeneração tissular e reparação dos tecidos moles (Quebra da gordura).

Aumenta a circulação, estimula o colágeno e consequentemente a melhora da celulite.

Fonoforese: facilita a penetração de agentes farmacológicos ativos através da pele.

Pode ser associado a substâncias lipolíticas, sendo valioso recurso terapêutico para o combate à gordura localizada associado a intradermoterapia.
BAMBOOTERAPIA

É a sensação do momento para quem busca alternativas estéticas modernas e procura associá-las para o seu bem-estar.

Os bambus são parecidos com rolos/varetas que se adaptam aos contornos corporais e podem ser aplicados em todo o corpo. Com o uso das pontas do bambu, o profissional consegue realizar estímulos nos pontos energéticos e zonas reflexas dos pés, mãos e rosto.

A bambuterapia é uma ótima conduta terapêutica nos tratamentos de celulite, flacidez e gordura localizada, pois apresenta propriedades modeladoras, drenantes, relaxantes, tonificantes e energéticas
MASSAGEM TURBINADA

Novidade no mercado da estética, a massagem turbi-nada, baseada em princípios da terapia chinesa e em pontos que auxiliam a modelagem corporal. Os principais benefícios da nova técnica são: ativação da circulação sangüínea, aumento da oxigenação e nutrição celular, liberação de toxinas acumuladas no tecido, melhora do peristaltismo (movimentos intestinais), quebra de nódulos lipolíticos (gordura localizada), auxílio no processo de redução de medidas, redução de edemas (retenção hídrica), facilitação da permeação de princípios ativos e manutenção das medidas reduzidas.

A massagem turbinada é dividida em cinco etapas: higienização com esfoliante físico; aplicação de hiperemiante para facilitar a permeação dos ativos lipolíticos; massagem com produtos específicos que potencializa a lipólise e firma a pele; massagem com o rolo de sucção; movimentos drenantes para ajudar na eliminação de toxinas; finalização com gel crioterápico.
Estimula os músculos da face, é de grande importância no tratamento de revitalização, uma vez que atenua a flacidez e ativa a circulação linfática, trazendo, uma aparência mais jovem.

A corrente alternada é utilizada para enrijecer a musculatura, melhorar a circulação local, e auxiliar na eliminação das toxinas.

O resultado final é visível. Melhora o colágeno e tonifica os músculos flácidos havendo um um remodelamento da face.